Uma Breve Eternidade:

Emoção e Comoção

na Música Europeia

(Séculos XII-XXI).

Música.

Monika Streitová e Ana Telles

Arraiolos
| 29
Fevereiro
| 21h30
Igreja do Convento de Nossa Senhora da Assunção

Serenata às Estrelas: Obras para Flauta e Piano de Mulheres Compositoras

Monika Streitová Flauta
Ana Telles Piano

 

Santa Hildegarda de Bingen [1098-1179]
Spiritus Sanctus

Maria Theresia Paradis [1759-1824]
Sicilienne para flauta e piano

Anna Bon [1738-1767]
Sonate in sol maggiore per flauto e pianoforte
I. Adagio
II. Allegro
III. Menuet con Variazione

Cécile Chaminade [1857-1944]
Sérénade aux étoiles pour flûte et piano, op. 142

Mélanie Bonis [1858-1937]
Sonate pour flûte et piano, op. 64
I. Andantino con moto
II. Scherzo-Vivace
III. Adagio
IV. Finale-Moderato

Vítezslava Kaprálová [1915-1940]
Burlesca para violino (flauta) e piano

Petra Bachratá [1975]
Luminiscence para flauta solo

Sofiya Gubaydulina [1931-]
Allegro rustico para flauta e piano

 

Biografias

Monika Streitová, Flauta

Formou-se na Academia de Música e Artes Dramáticas da Universidade de Bratislava (Eslováquia), na especialidade de Flauta Transversal, obtendo a classificação máxima. Completou o doutoramento em Interpretação de Música Contemporânea, nessa mesma instituição, sob a orientação de M. Jurkovic. Apaixonada pela observação e aplicação de técnicas contemporâneas de flauta que contribuam para o desenvolvimento criativo da sonoridade, fez investigação de pós-doutoramento neste domínio, na Universidade de Aveiro, onde foi membro fundador do Fórum Internacional de Estudos de Pós-Graduação em Música e Dança
Detentora de vasta carreira como intérprete, tem trabalhado, entre outros, com os compositores R. Berger, Jean-Yves Bosseur, D. MacMouline, B. Schaffer, J. Guillou e J. P. Oliveira. O seu repertório inclui mais de 200 estreias mundiais. Trabalhou, com as estações BBC, ORF2 Viena e BRB Berlim. Apresentou-se a solo ou com diversas formações em inúmeros países, v.g., Alemanha, Áustria, Brasil, Emiratos Árabes Unidos, Espanha, França, Holanda, Hungria, Inglaterra, Itália, Japão, Lituânia, Polónia, Portugal, República Checa, República Eslováquia e Suíça.
Da sua vasta discografia, salientam-se Luminiscence, a solo, que alcançou a mais elevada menção por parte da crítica da Rádio 2 da República Checa, e Dual, gravado com a pianista Sofia Lourenço.
É professora de Flauta na Universidade de Évora e investigadora do Instituto de Etnomusicologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Ana Telles, Pianista

Estudou em Lisboa, Nova Iorque e Paris, tendo obtido o grau de bacharel na Manhattan School of Music e o de mestre na New York University. Estudou com Yvonne Loriod-Messiaen, Sara D. Buechner, Nina Svetlanova, Dmitry Paperno, Sequeira Costa e Alicia de Larrocha (Piano), bem como com Isidore Cohen e Sylvia Rosenberg (Música de Câmara), entre outros.
Defendeu, em 2009, o doutoramento na Universidade de Paris IV-Sorbonne, com a dissertação Luís de Freitas Branco (1890-1955): Parcours biographique et esthétique à travers l’œuvre pour piano. Desde então, publicou cerca de duas dezenas de estudos, principalmente sobre música para piano, em Portugal e França, nos séculos XX e XXI.
Tem realizado uma carreira internacional como solista e em grupos de música de câmara. Apresentou-se em salas prestigiadas, v.g., Salle Cortot, Auditorium de Dijon, Borden Auditorium, Sophiensaele, Fundação Gulbenkian, Culturgest, Centro Cultural de Belém, entre outras. Participou em inúmeros festivais, v.g., International Computer Music Conference, Jornadas Nova Música, Festival Colla Voce, Ciclo Jovens Intérpretes, Festival Música em Leiria, Música Portuguesa Hoje e Festival Outono de Varsóvia.
Foi solista com a Orquestra Sinfónica Nacional de Taiwan, Orquestra Gulbenkian, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Clássica da Madeira, Orchestre d’Harmonie de Levallois, Orchestre de Flûtes Français, Orchestre Symphonique Universitaire de Dijon, Nuova Amadeus Chamber Orchestra, Orquestra de Câmara e Banda Sinfónica da GNR, Ensemble Palhetas Duplas e Orquestra de Sopros da Escola Superior de Música de Lisboa. A sua discografia conta actualmente com dezena e meia de títulos, compreendendo registos monográficos, gravações a solo com orquestra e integrada em grupo de música de câmara.
É professora associada e directora da Escola de Artes da Universidade de Évora.

 

SUBSCREVER NEWSLETTER

Obrigada por subscrever a nossa newsletter.

Ocorreu um erro. Por favor, tente novamente.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Quisque ullamcorper justo eu turpis cursus ultrices. Nunc auctor iaculis felis nec lacinia. Vestibulum dictum nec tellus eget placerat. Nullam id eleifend orci, ullamcorper maximus dui. Pellentesque metus turpis, luctus a ante quis, ultricies dapibus justo. Donec id ante ut lorem facilisis lacinia. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum commodo facilisis odio, ac volutpat tellus euismod non. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Quisque ullamcorper justo eu turpis cursus ultrices. Nunc auctor iaculis felis nec lacinia. Vestibulum dictum nec tellus eget placerat. Nullam id eleifend orci, ullamcorper maximus dui. Pellentesque metus turpis, luctus a ante quis, ultricies dapibus justo. Donec id ante ut lorem facilisis lacinia. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum commodo facilisis odio, ac volutpat tellus euismod non.